Blog

Certificação virou sobrenome

Certificação virou sobrenome

Autor: Alberto Parada

Atualmente, o profissional que não tem um monte de siglas, certificações, MBA’s e outras coisas que pouca gente sabe o que significam, como se fossem sobrenome após o nome nas redes sociais profissionais, deve estar se sentindo um verdadeiro José da Silva (nada contra os José’s muito menos contra os Silva), mas a sensação de se sentir desconhecido por não ter um  “nome de rei” (só eles tinham nomes tão gigantescos),  nas redes sociais pode ficar deprimido.

A moda já saltou das telas e invadiu a assinatura corporativa. Quantos e-mails recebemos, diariamente, em que não é possível determinar onde termina o nome e começam as siglas? Imagine o tamanho que ficará o endereço de e-mail caso a moda salte para os endereços eletrônicos?

Os desafios e as oportunidades para TI no mundo pós-pandemia

Os desafios e as oportunidades para TI no mundo pós-pandemia

 

Por Marco Santos

“It’s the End of the World as We Know It”. Essa frase está em uma música da banda R.E.M. e reflete muito bem o atual momento, pois acredito que o mundo como conhecemos não existe mais, e o mundo que vai surgir será com certeza melhor. Estamos passando por uma fase de transição, momento de ficar em casa, que nos faz repensar os nossos modelos de vida e de trabalho. Em apenas algumas semanas tudo mudou: cancelamos encontros familiares, sociais e de negócios, estocamos itens essenciais, abandonamos planos de viagens e transformamos as nossas casas em escritório. O mundo transformou-se e isolou-se numa velocidade nunca vista.

As 15 profissões em alta no Brasil em 2020, segundo o LinkedIn

As 15 profissões em alta no Brasil em 2020, segundo o LinkedIn

13 dos 15 cargos estão ligados aos setores de tecnologia da informação e internet, com o gestor de redes sociais ocupando a primeira posição do ranking.

 

Nesta quarta-feira (8) o LinkedIn, rede social voltada para carreiras e profissões, listou as 15 profissões que estarão em alta no Brasil em 2020. Batizado de “Profissões Emergentes”, o estudo listou as profissões cuja demanda viu grande crescimento.

Segundo o relatório, 13 dos 15 cargos estão ligados aos setores de tecnologia da informação e internet, com o gestor de redes sociais ocupando a primeira posição do ranking.

A lista também elenca as habilidades mais requisitadas para as vagas e os setores que devem procurar tais conhecimentos para esse ano.

Previous Next

Pela 5ª vez seguida, UFRJ alcança nota máxima em avaliação do MEC

Dados relativos a 2018, divulgados na última quinta-feira (12/12) pelo Ministério da Educação (MEC), apontaram que a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) alcançou nota máxima no Índice Geral de Cursos (IGC), que avalia a qualidade das instituições de ensino superior do país. A escala vai de 1 a 5, em que 1 e 2 são insuficientes e 5 é a nota máxima. É o quinto ano seguido que a UFRJ pontua com o máximo possível.

Das 2.071 instituições avaliadas, 0,3% ficaram com conceito 1, 12,6% com conceito 2, 63,6% com conceito 3, 21,3% com conceito 4 e 2% com conceito 5.

 

Como funciona o índice

Utilizando indicadores como a nota do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), a média dos Conceitos Preliminares de Cursos (CPCs) – avaliação relativa à graduação – e o conceito da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o IGC resume a qualidade dos cursos de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado de cada instituição participante.

 

Assessoria de Imprensa do Gabinete da Reitora
UFRJ

QUAL A DIFERENÇA ENTRE O ANALISTA DE BI E O CIENTISTA DE DADOS?

QUAL A DIFERENÇA ENTRE O ANALISTA DE BI E O CIENTISTA DE DADOS?

Esta é uma das perguntas que recebemos com frequência aqui na DSA. Para começar a compreender no que o Analista de BI e o Cientista de Dados diferem, observe a tabela abaixo:

Qual a Diferença Entre o Analista de BI e o Cientista de Dados?

Já começou a compreender a diferença? Observe especialmente a última linha da tabela, pois ela define bem a diferença entre o Analista de BI e o Cientista de Dados. Business Intelligence e Data Science tem muita coisa em comum e Analistas de BI e Cientistas de Dados são como primos. Ambos aplicam técnicas de análise aos dados, mas a sua abordagem, tecnologia e função diferem de diversas maneiras. O Analista de BI analisa dados históricos a fim de saber o que aconteceu, enquanto o Cientista de Dados também analisa dados históricos com o objetivo de prever o que pode acontecer. Vamos explorar um pouco mais os conceitos de BI e Data Science para compreender as diferenças entre esses profissionais.

 

Gestão de TI: 5 dicas práticas para você e sua equipe

Gestão de TI: 5 dicas práticas para você e sua equipe

A tecnologia da informação é uma área que cresce continuamente. A IDC Semiannual Services Tracker 2019H1, da IDC Brasil, realizou uma pesquisa de mercado sobre o primeiro semestre de 2019. Segundos ele, o mercado de serviços de TI cresceu 6,1% em relação ao mesmo período do ano passado, o que faz a gestão de TI se tornar uma atividade cada vez mais importante!

O crescimento do setor é responsável por torná-lo ainda mais atraente para empreendedores e investidores. Para conseguir administrá-la é necessário uma boa equipe e o acompanhamento da gestão de TI.

A gestão de TI é (resumo do resumo)

Oficialmente, é o gerenciamento de recursos e atividades envolvendo a tecnologia e segurança da informação de empresas. Na prática, o que acontece é a administração de hardware e software de empresas. A gestão de TI se responsabiliza por cuidar de servidores, redes, armazenamento de dados físicos e em nuvem, backups, antivírus, etc…

Em alguns Gestão de TI é consertar rápido alguma coisa que “deu ruim” no cliente… via GIPHY

Atividades de gestores

O trabalho de um gestor de TI é cuidar de tudo que está ao alcance da sua área. Sejam em equipes internas ou terceirizadas, o profissional, junto de sua equipe, realiza o gerenciamento de serviços.

O Gerente de TI pode organizar as tarefas de sua equipe em setores diferentes, como Tecnologia Projetos

10 motivos para fazer um MBA

10 motivos para fazer um MBA

Saiba mais sobre o Master in Bussiness Administration (MBA), uma das opções mais procuradas de pós-graduação

 

Por Ana Carla Bermúdez

 

Por aliar conhecimento à prática e ser um curso relativamente curto, o MBA é uma boa opção de pós-graduação para quem deseja acelerar a carreira ou até mudar de área no trabalho. Entenda mais sobre esses e outros motivos que fazem a modalidade ser tão valorizada:

1. Pessoas de qualquer área podem fazer
 
Os MBAs são cursos direcionados para quem quer aprimorar conhecimentos de administração e gestão. Mas, apesar de geralmente serem procurados por empresários, executivos e gestores, eles podem ser realizados por graduados em qualquer área.
 
2. Conhecimentos básicos e específicos
 
De acordo com o foco de cada curso, os MBAs oferecem conhecimentos básicos e também específicos nas áreas de gestão e administração. Além disso, as aulas acontecem em um ambiente de troca de experiências bastante propício para a criação de uma rede de networking.
 
3. Novos horizontes

Fazer um MBA pode ser uma oportunidade para que você saia da sua zona de conforto. Seja através das aulas, de palestras ou até mesmo de conversas com os colegas, você será encorajado a pensar a partir de outras perspectivas sobre o mundo e as tendências de negócios, gestão e projetos.

4. Carreira

O MBA é uma alternativa que pode abrir muitas portas para quem está pensando em mudar de carreira. Além de introduzi-lo a uma nova rede de contatos, ele proporciona conhecimento para que você direcione seu foco para uma nova área e acumule novos interesses.

Brasileira de 19 anos cria impressora em Braille para texto e voz

Brasileira de 19 anos cria impressora em Braille para texto e voz

Protótipo criado por vice-campeã do Prêmio Jovem Cientista 2019 imprime arquivos de texto e até comandos de voz

Uma impressora capaz de reproduzir textos em Braille é a inovadora criação da estudante brasileira de engenharia Bruna da Silva Cruz. Com apenas 19 anos, Bruna desenvolveu a máquina Fast Braille, que solicita que o usuário digite e envie um texto pelo computador ou pelo celular, ou até dite as palavras, para que o conteúdo seja impresso automaticamente em papel em relevo.

"Ao teclar 'enter', os dados são enviados à máquina, onde o conteúdo é compilado, transformado em Braille e impresso", explica Bruna. No caso do celular, o princípio é parecido: "Por meio de um aplicativo, o usuário seleciona o arquivo que ele quer imprimir e clica em enviar. Para reconhecimento de voz, a pessoa precisa pressionar um botão e ditar o comando, que é, então, transcrito e enviado para a impressora."

De acordo com a criadora, o protótipo também permite que esse tipo de equipamento seja mais acessível ao público, graças a seu baixo custo. As despesas de produção do Fast Braille foram de cerca de R$ 1 mil. Em larga escala, segundo ela, o valor final do produto não deve passar dos R$ 3 mil. De acordo com Eliana Cunha, coordenadora da área de educação inclusiva da Fundação Dorina Nowill para Cegos, isso é equivalente a um terço do valor normalmente encontrado no mercado. A impressora criada pela jovem também promete ser mais leve que as já existentes, com apenas 3kg.

MJV distribui livro sobre Ciência de Dados no Rio de Janeiro

MJV distribui livro sobre Ciência de Dados no Rio de Janeiro

Em tempos de LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) e Big Data, a MJV Technology & Innovation distribuirá o livro Design Driven Data Science. O evento de lançamento acontece no dia 10/10, de 19h às 22h, na livraria Argumento do Leblon, no Rio de Janeiro.

Além da distribuição do livro, haverá um bate-papo com os autores sobre o tema. A publicação estará, posteriormente, disponível para download no site da MJV. A ideia da instituição é disseminar o conhecimento sobre o Ciência de Dados entre profissionais de diferentes áreas.

O conteúdo trata da Ciência de Dados, abordagem para consumir, tratar e visualizar dados para a tomada de decisões. Em tempos de LGPD, também traz um capítulo sobre Governança de Dados, mostrando os impactos da lei em questões como privacidade e segurança.

O livro foi escrito pelos sócios Ysmar Vianna e Maurício Vianna, pelo Diretor de Tecnologia Ricardo Sepulveda e pelas equipes de Data Science, Governança de Dados e Design Thinking, formada por Natanael de Moura Júnior, Philipp Gaspar, Carolina Braga, Carlos Eduardo Covas e Fernando Secomandi.

Serviço

O que? Lançamento do livro Design Driven Data Science – Integrando Design Thinking com Aprendizado de Máquina para Soluções em Negócios

Quando? 10 de outubro de 2019, de 19h às 22h

Onde? Livraria Argumento Leblon: Rua Dias Ferreira, 417 – Rio de Janeiro, RJ

Sobre a MJV Technology & Innovation

Durante mais de 20 anos, a MJV Technology & Innovation tem ajudado a influenciar a inovação e a resolver desafios de negócios em algumas das maiores empresas do mundo. Com escritórios na Europa, nos Estados Unidos e na América Latina, a consultoria conta com uma equipe multidisciplinar, composta por mais de 700 profissionais divididos entre designers, engenheiros, antropólogos, cientistas de dados, desenvolvedores, empreendedores e muito mais.

Sobre os autores

Ysmar Vianna e Silva Filho

Engenheiro Elétrico pelo ITA (1966), Mestre em Engenharia Elétrica e Ciência da Computação pela Universidade da Califórnia em Berkeley (1969) e Ph.D. em Ciência da Computação pela UCB (1972). Pioneiro em computação no Brasil, participou como instrutor da COPPE/UFRJ na instalação do primeiro computador da Universidade, em 1967. Chairman da MJV.

Maurício José Vianna e Silva

Engenheiro de Computação pela PUC-RJ (1990), Mestre em Ciência da Computação pelo IIT – Illinois Institute of Technology (1992) e Doutor em Ciência da Computação pelo IIT (1995). Atualmente vem desenvolvendo projetos nas áreas de Mobile VAS, Inovação em seguros de Auto/Saúde e Sistemas Sociais. É CEO da MJV.

 

Materia na íntegra

Missão

Oferecer cursos de especialização/MBA com qualidade e inovação tecnológica, preparando o profissional para o mercado cada vez mais exigente.

Contato

Telefone: (21) 3938-8871

Whatsapp: (21) 96967-7118

E-mail: [email protected]

Siga-nos

© 2020 Desenvolvimento MSI.